Nota Oficial: O mal que o desespero e a má-fé do PT fazem à democracia

Não é novidade para ninguém a existência de uma rede clandestina que ataca e dissemina calúnias contra os adversários do PT na internet

Acompanhe - 10/04/2014

facebook-logo-psdbNão é novidade para ninguém a existência de uma rede clandestina que ataca e dissemina calúnias contra os adversários do PT na internet.

Ontem, a equipe de Eduardo Campos e Marina Silva denunciou que os tuiters dos dois pré-candidatos foram atacados por robôs que deram retuítes em massa em seus perfis.

No mês passado, o senador Aécio Neves enviou carta ao Google informando que vídeos do seu canal oficial e do canal do Governo de Minas foram atacados por robôs que geraram milhares de visualizações vindas de outros países, uma pratica condenada na internet.

Se esse ambiente de desrespeito ao internauta deve merecer um claro repúdio de todos nós, mais grave é quando práticas que estimulam o desrespeito e a calúnia passam a ser legitimadas oficialmente por um partido político.

É o que tem feito o PT.

Primeiro, atacaram o ex-governador Eduardo Campos. Agora, estamparam em sua página oficial no Facebook montagem na qual tentam associar o senador Aécio Neves a ironia feita com o depoimento prestado pelo ex-ministro Pimenta da Veiga.

A montagem, que finge ser uma piada, é caluniosa, agride o ambiente de respeito que deve orientar a convivência partidária.

Um partido político que oficialmente difunde calúnias e incentiva o desrespeito aos adversários, na prática, reproduz técnicas autoritárias e contribui para a criação de um ambiente de hostilidade e intolerância, que desrespeita a atividade política. E desrespeita a democracia.


X
10/04/2014