PSDB vai à Justiça contra promoção de Lula em rede nacional

Notas Oficiais - 02/05/2024

O PSDB acionará o Ministro do Trabalho – e demais responsáveis – na Justiça por uso indevido de rede nacional de rádio e televisão para promoção pessoal do Presidente da República: o nome do presidente Lula foi citado cinco vezes no pronunciamento do Ministro, o que afronta a Constituição e a legislação em vigor por violar o princípio da impessoalidade que deve reger a utilização desses instrumentos de comunicação.

No pronunciamento da última terça-feira (30), sob o pretexto de comemorar o dia Primeiro de Maio, o Ministro do Trabalho agiu muito mais como militante do partido do Presidente do que como ministro de Estado. Promoveu de forma indevida a pessoa do presidente da República.

O PSDB vai adotar todas as medidas cabíveis para que os responsáveis pelas irregularidades sejam punidos. Nosso pedido é que sejam multados e que devolvam os valores usados indevidamente. O PT, mais uma vez, demonstra ter enorme dificuldade em separar o que é interesse público do que são seus próprios interesses. O pronunciamento para promover a pessoa do presidente da República e o “nosso governo” citado outras tantas transformou o que deveria ser um espaço institucional em propaganda política e pessoal.

Esse comportamento deve ser punido para que não se repita no futuro.

Marconi Perillo
Presidente Nacional do PSDB

Deputado federal Aécio Neves
Presidente do ITV

Temas relacionados:


X
02/05/2024