Com vasta bagagem política, Sampaio busca quinto mandato na Câmara

Notícias - 03/09/2018

Conhecido por sua atuação transparente na Câmara Federal, o deputado federal Carlos Sampaio (PSDB-SP) busca a reeleição para o quinto mandato na Casa. Com a experiência de quem já foi vereador, deputado estadual e quatro vezes federal, o tucano nasceu em Campinas, interior de São Paulo, e se formou em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas.

Sampaio iniciou sua carreira em 1987, quando ingressou no Ministério Púbico (MP) de Minas Gerais como Promotor de Justiça. Sua atuação na área criminal teve início em 1990, quando foi Corregedor da Polícia de Campinas, Professor de Direito Processual Penal e Promotor Titular do Tribunal do Júri de Campinas.

Em 1993, foi eleito vereador por sua cidade natal pelo PSDB, obtendo a 6ª maior votação naquele pleito. Em 1996, tornou-se o primeiro Secretário para os Assuntos de Segurança Pública de Campinas e, no ano seguinte, assumiu o cargo de deputado estadual e presidiu a CPI da Favela Naval.

Em 1998, foi eleito para a Assembleia Legislativa, onde ficou até 2002. Neste ano, foi eleito deputado federal com mais de 160 mil votos.

Em 2006, foi reeleito com 240 mil votos. Neste mandato, foi indicado sub-relator da CPI dos Correios, responsável por organizar todas as provas existentes contra parlamentares e servidores públicos que, de alguma forma, foram mencionados no esquema de corrupção existente na Empresa de Correios e Telégrafos.

Ainda neste ano, foi nomeado sub-relator da CPI das Sanguessugas, que investigou o envolvimento de deputados e senadores na fraude para aquisição de ambulâncias por meio de emendas parlamentares. Em dezembro, o tucano também solicitou um Mandado de Segurança que visava impedir o aumento de 91% dos salários dos deputados.

Integrou o grupo de trabalho que promoveu a reformulação do Código de Processo Penal e foi indicado como membro titular da CPI dos Presídios, que impôs aos governos estaduais e federal uma série de obrigações.

Em 2008, Sampaio foi o primeiro vice-presidente da Comissão de Defesa do Consumidor, ouvidor-geral da Câmara e integrou o grupo de trabalho que propôs a reformulação do Código do Processo Penal.

Com a trajetória marcada pela ética e transparência, foi reeleito deputado federal pela terceira e quarta vez em 2010 e 2014, respectivamente. Em 2013, assumiu a função de Líder da bancada do PSDB na Câmara dos Deputados, após ser escolhido por unanimidade.

Entre os prêmios que recebeu, foi escolhido pela imprensa nacional como um dos 49 parlamentares mais respeitados e preparados do Congresso Nacional em 2005. Em 2009, foi escolhido pelo Departamento Interssindical de Assessoria Parlamentar (Diap) um dos 100 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional.


X
03/09/2018