Daniel Coelho defende redução do fundo eleitoral para R$ 1,3 bi

Notícias - 16/08/2017

O deputado federal Daniel Coelho (PSDB-PE) defendeu nesta terça-feira (15) a redução do fundo eleitoral – previsto na reforma política em tramitação na Câmara – de R$ 3,6 bilhões para R$ 1,3 bilhão. Na avaliação do tucano, o valor menor “seria suficiente para custear a campanha de 2018”.

Em entrevista ao blog do jornalista Josias de Souza, Daniel Coelho argumentou que o valor reduzido não impactaria o déficit público, pois os recursos seriam retirados do fundo partidário, já destinado às legendas, e das emendas parlamentares.

O deputado também defendeu mudanças no modelo de propaganda eleitoral, com o fim dos efeitos especiais e de apresentadores, resumindo assim à participação dos candidatos em estúdios padronizados numa comunicação direta com o eleitor.

Em defesa do distritão, sistema em debate na atual proposta de reforma política em que são eleitos apenas os mais votados por Estado, Daniel Coelho acredita que o modelo acabaria com a eleição “de corruptos que se elegem por trás de celebridades e do voto de legenda”.

Para ler a entrevista na íntegra clique AQUI

* Do PSDB-PE


X
16/08/2017