Defesa por mais inclusão e respeito marca Dia Nacional do Surdo

Notícias - 27/09/2018

O dia 26 de setembro marca a passagem do Dia Nacional do Surdo. Durante todo o mês, campanhas de inclusão são realizadas no chamado Setembro Azul. Nesta data, parlamentares do PSDB destacam a importância do respeito e da inclusão e prestam homenagens aos surdos e àqueles que trabalham em defesa dessas pessoas.

“As necessidades específicas do ser humano não importam quando existe o respeito, admiração e principalmente o amor”, destacou Mariana Carvalho (RO). Com uma foto postada em seu Instagram, a deputada fez o símbolo em libras que significa “eu te amo” e explicou: “simboliza também o respeito à cultura surda. Hoje, dia 26 de setembro, Dia Nacional do Surdo, vamos refletir sobre a inclusão das pessoas surdas em nossa sociedade, vamos ser mais gentis e fazer do nosso país um lugar melhor, onde todos tenhamos espaço para ser quem somos! Eu te amo. Frase que as vezes por alguma condição algumas pessoas não conseguem ouvir ou dizer. Mas o sentimento é o mesmo”.

Com uma mensagem em libras descrita em libras em seu Facebook, o deputado Lobbe Neto (SP) afirmou que a linguagem é essencial para a vida em sociedade. “É através dela que expressamos nossas, ideias, emoções e experiências”, disse.

Já o deputado Antonio Imbassahy (BA) aproveitou a passagem da data para homenagear todas as entidades, organizações, mães e pais voluntários “que se dedicam incansavelmente a construir uma sociedade mais humana, inclusiva e acessível para todos”.

“Quero fazer uma homenagem a tanta gente solidária que faz o trabalho de inclusão das pessoas surdas. Na Bahia, em Salvador, por exemplo, temos várias organizações como a Apada, e tanta gente que colabora pela inclusão, com dedicação, muito amor e fraternidade. Quero deixar meu sentimento e homenagem a todos esses que contribuem para que essas pessoas sejam incluídas no mercado de trabalho, possam ter uma educação melhor e ter uma vida com oportunidades e mais qualidade”, afirmou.

Setembro foi escolhido pelos surdos para comemorar e relembrar a luta por direitos. No Brasil, o Dia do Surdo foi escolhido por ser a data de fundação do Instituto Nacional de Educação de Surdos, em 1857. Durante todo o Setembro Azul, a comunidade surda se encontra em eventos e congressos. A principal pauta é a educação e a criação de escolas bilíngues para o ensino de Libras.

*Do portal do PSDB na Câmara


X
27/09/2018