“Desumano e cruel”, diz Líder sobre fechamento de fronteiras na Venezuela

Notícias - 21/02/2019

O Líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Carlos Sampaio (SP), classificou como “desumana e cruel” a medida anunciada agora há pouco pelo presidente venezuelano. Nicolás Maduro determinou o fechamento da fronteira entre o Brasil e a Venezuela a partir das 20h de hoje, quinta-feira (21/02).

“É notória a situação caótica enfrentada pela população venezuelana, com praticamente todos os produtos de primeira necessidade em falta – inclusive alimentos e medicamentos. Impedir a chegada de auxílio humanitário vindo do Brasil é desumano e cruel! Nem mesmo o desespero para tentar manter-se no poder justifica tal ação”, disse Sampaio.

“Ele precisa entender que os interesses da população estão acima de qualquer disputa política. Espero, sinceramente, que Maduro reveja essa determinação e permita que o Brasil possa ajudar no atendimento das necessidades mais urgentes dos venezuelanos”, concluiu Sampaio.

Da assessoria da Liderança do PSDB na Câmara

Temas relacionados:


X
21/02/2019