Relações Exteriores aprova Moção de Repúdio ao governo venezuelano pela quebra da ordem democrática

Notícias - 24/08/2017

A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN) da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (23), Moção de Repúdio ao governo da Venezuela pela quebra da ordem democrática. A iniciativa foi do deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP) e contou com o apoio dos parlamentares Eduardo Cury (PSDB-SP), Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR) e Pedro Vilela (PSDB-AL)

No texto, os parlamentares destacam ainda a destituição da Procuradora-Geral Luisa Ortega e a prisão de opositores políticos, além da “usurpação das funções da Assembleia Nacional pela Assembleia Constituinte”.

Os tucanos defenderam a aprovação da Moção e afirmaram que o governo venezuelano não aceita dialogar e nem mesmo receber ajuda humanitária para a população que enfrenta forte escassez de alimentos e remédios.

Todos eles criticaram a conduta autoritária do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, e cobraram o fim das torturas, da violência, da perseguição e das restrições às liberdades naquele país.

*Com informações do Portal do PSDB na Câmara.

 


X
24/08/2017