Richa: PSDB vai se manter unido na escolha do candidato em 2018

Notícias - 28/08/2017

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), afirmou nesta segunda-feira (28), em entrevista ao Broadcast do jornal Estado de S. Paulo, que não acredita em um “racha” interno do PSDB durante o processo de escolha do candidato do partido à Presidência da República, em 2018. Apesar de reconhecer que o PSDB tem diversos nomes habilitados na disputa para o cargo, Richa disse que os tucanos têm “maturidade suficiente” para discutir o nome.

“Acredito que o partido se manterá unido, independente de quem for escolhido como candidato”, afirmou.

Segundo o governador, há dois nomes que neste momento “despontam” rumo ao Palácio do Planalto: o governador e o prefeito de São Paulo, Geraldo Alckmin e João Doria. Richa também disse que o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), é uma alternativa ao PSDB em 2018. Na opinião do governador, os diversos nomes na disputa são um “bom problema” para o partido, apesar de considerar “cedo” discutir o tema internamente.

Na entrevista, Richa classificou Alckmin como um “grande governador” e Doria como o prefeito que apresenta um “novo estilo de administrar com exemplos da iniciativa privada”.

“Os dois são bons nomes e fico tranquilo. São amigos e não haverá rompimento com uma eventual disputa”, afirmou o governador ao Broadcast.


X
28/08/2017