Tereza participa de encontro de cooperação com a ONU Mulheres

Notícias - 21/02/2019
Foto: Alexssandro Loyola

A deputada Tereza Nelma (AL) participou nesta terça-feira (19) do encontro “O Trabalho da ONU Mulheres – diálogo e cooperação com parlamentares brasileiras”. O Evento foi realizado pela Secretaria da Mulher da Câmara com o objetivo de promover a troca de informações sobre os eixos de trabalho da entidade no Brasil e sobre os compromissos internacionais assumidos pelo país para acompanhamento e engajamento das parlamentares.

Para a tucana, a parceria das deputadas brasileiras com a ONU é de grande importância. A entidade foi criada, em 2010, para unir, fortalecer e ampliar os esforços mundiais em defesa dos direitos humanos das mulheres e segue o legado de duas décadas do Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher (UNIFEM) em defesa dos direitos humanos das mulheres, especialmente pelo apoio a articulações e movimento de mulheres e feministas, entre elas mulheres negras, indígenas, jovens, trabalhadoras domésticas e trabalhadoras rurais.

No encontro com as parlamentares nesta terça-feira, a representante do Escritório da ONU Mulheres no Brasil, Nadine Gasman, destacou que o Brasil avançou em relação a representatividade feminina no Parlamento após a última eleição, mas que ainda precisa concentrar esforços para atingir aquilo que é considerado o ideal: 50% de homens e 50% de mulheres ocupando os cargos públicos.

“É muito importante para nós mulheres essa parceria com a ONU na elaboração de diálogos e estratégias e para o nosso empoderamento. Eram 9% de mulheres na Câmara, agora somamos 78 mulheres (15%), uma liderança feminina que quer mudar a política do Brasil, humanizar, tornar mais justa. É muito importante esse passo para nós”, destacou a deputada ao ressaltar a importância de ampliar a representatividade feminina e ocupação de espaços.

Na avaliação da deputada, além da competência, há um desejo da maioria das mulheres de ocupar os mais variados espaços. “Nós podemos, somos competentes e queremos. Não se pode dizer por aí que não queremos ocupar esses espaços, pois nós queremos”, ressaltou.

Segundo ela, na Câmara as mulheres têm mostrado capacidade e demonstrado que podem estar lado a lado com os homens nos principais postos da Casa. Como exemplo, a tucana cita a deputada Soraya Santos (DEM-RJ), eleita primeira mulher a ocupar a 1ª Secretaria da Câmara, além de Geovania de Sá (SC), suplente na Mesa Diretora.

Tereza ressaltou que o encontro foi produtivo e ressaltou o pedido feito por Soraya Santos à representante da ONU-Mulheres no Brasil para que a se volte também aos estados, dialogando com as bancadas estaduais sobre a participação no processo político. “É um trabalho a ser feito por meio de diálogos, de capacitações. E praticando algo que é muito importante hoje: sororidade. Nós, mulheres, não disputamos umas com as outras, mas queremos o brilho de cada uma das mulheres para nós somarmos esse sucesso”.

Do PSDB na Câmara

Temas relacionados:

X
21/02/2019
Charges