PSDB defende prioridade à primeira infância para salvar o Brasil

Acompanhe - 28/12/2023

“Se o Brasil salvar uma geração, essa geração salva o Brasil”. Para que o país tenha um futuro digno precisamos que o governo federal de fato priorize nossas crianças. Um grupo de trabalho da primeira infância formado no “Conselhão” apresentou propostas para que o governo federal priorize nossas crianças em 2024. São propostas simples, possíveis de serem executadas, que foram listadas pela Priscila Cruz, presidente-executiva do Todos Pela Educação, em artigo recente no “Estadão”.

Fato é que o governo não tem dado prioridade à primeira infância. Não deu continuidade ao programa Criança Feliz, de visitação domiciliar para a primeira infância, que, apesar do baixíssimo investimento, era um caminho correto a ser seguido. Mesmo o Compromisso Nacional Criança Alfabetizada, lançado pelo atual governo, tem orçamento pífio.

O caminho apontado pela Priscila Cruz é o correto: redobrar a aposta e os investimentos na infância para salvarmos uma geração inteira de brasileiros que salvará o Brasil. O PSDB também se dedica ao tema e acabou de criar um Grupo de Trabalho para a Primeira Infância. Vamos apresentar propostas para o Brasil e para os nossos pequenos brasileiros. PSDB é, e será cada vez mais, o Partido da Educação.

Marconi Perillo, presidente nacional do PSDB
Pedro Cunha Lima, ex-deputado federal, autor da PEC da Nova Educação, e coordenador do GT da Primeira Infância do PSDB


X
28/12/2023