Conta de luz vai ficar, em média, 2% mais barata, diz Aneel

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) definiu nesta terça-feira o orçamento anual da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), que custará quase R$12 bilhões aos consumidores em 2017. O valor é 22% menor do que o cobrado em 2016, que ficou em pouco mais de R$ 15 bilhões. Com isso, a Aneel estima que a queda nesse valor proporcione um barateamento das tarifas de energia no país em torno de 2%, na média. O deputado federal Eduardo Cury, do PSDB de São Paulo, comemora que, após anos de desmando no setor elétrico, os brasileiros finalmente sintam um alívio financeiro nas contas.

Imprensa - 07/02/2017


X
07/02/2017