Empréstimos consignados crescem 20% no último ano

Mesmo sob o efeito da forte crise econômica herdada dos últimos dois anos, os brasileiros não têm deixado de recorrer a empréstimos para pagar as contas. De acordo com o site da revista Veja, os contratos de empréstimos consignados – aqueles descontados diretamente da folha de pagamento ou de benefício previdenciário do contratante – cresceram 20% no último ano. Desse valor, 40% são do estado de São Paulo. Com uma taxa de juros a 3%, essas operações têm sido a principal saída financeira especialmente para servidores públicos e aposentados. O deputado federal Sílvio Torres, do PSDB de São Paulo, observa que a alternativa é perigosa, diante de um alto nível de inadimplência observado entre a população.

Notícias - 09/01/2017


X
09/01/2017