No governo Dilma, salário médio mensal do brasileiro teve queda de 3,2%

No ano em que o Brasil iniciou o processo de forte recessão, sob o comando da ex-presidente Dilma Rousseff, o salário médio mensal pago ao trabalhador despencou. Segundos informações do Cadastro Central de Empresas, divulgados nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a queda foi de 3,2% entre os anos de 2014 e 2015. Se considerado o total de salários somados a outras remunerações, o recuo é ainda maior, de 4,8% em 2015 em relação ao ano anterior. Para a deputada federal Yeda Crusius, do PSDB do Rio Grande do Sul, os dados provam que o cenário da economia brasileira já vinha mal antes mesmo do início do processo de impeachment da petista, mostrando como a situação do país naquele período já era insustentável.

Rádio PSDB - 05/07/2017

X
05/07/2017