Procuradores apuram se Bumlai, amigo de Lula, foi beneficiado com empréstimos do BNDES

Figura emblemática nas investigações da Lava Jato, o pecuarista José Carlos Bumlai, amigo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pode ter sido beneficiado em empréstimos concedidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o BNDES, entre 2008 e 2012, durante os governos de Lula e Dilma Rousseff. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, estão sob suspeita do Ministério Público e da força-tarefa da Lava Jato empréstimos como o concedido ao Grupo São Fernando, de usinas de álcool, de mais de R$ 500 milhões em três operações, além das participações do BTG Pactual, do falido BVA e do Grupo Bertin.

Notícias - 18/10/2016


X
18/10/2016