Yeda apoia medidas do plano de segurança de Temer para prevenção de feminicídio

Lançado nessa quinta-feira pelo governo federal, em Brasília, o Plano Nacional de Segurança também atuará na redução de feminicídios – homicídios qualificados contra a mulher por razões da condição do sexo feminino. Segundo o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, os projetos voltados para a redução de homicídios e crimes contra as mulheres se concentrarão, a princípio, nas capitais. Depois, serão estendidos para as regiões metropolitanas. De acordo com o ministro, esses locais concentraram 54% dos 52 mil homicídios dolosos no último ano em todo o país. A deputada federal Yeda Crusius, do PSDB do Rio Grande do Sul, aprova a medida, e ressalta que é dever do estado tomar a defesa de políticas públicas nessa área.

Notícias - 06/01/2017


X
06/01/2017