PSDB – MS

Governador

REINALDO AZAMBUJA

A trajetória política de Reinaldo Azambuja iniciou em 1996 como prefeito de Maracaju pelo PSDB. Os investimentos feitos em sua gestão colocaram Maracaju numa posição privilegiada: passou de 12ª para 5ª maior economia do Estado. O PIB teve crescimento recorde, superior a 516%. E os números não pararam por aí: Maracaju ficou marcada por ser a única cidade de Mato Grosso do Sul a ter 100% das suas ruas asfaltadas. O trabalho de Reinaldo ultrapassou fronteiras e passou a ser reconhecido nacionalmente, por meio de vários prêmios de qualidade e inovação na gestão pública. Dentre eles, Sebrae Prefeito Empreendedor e duas vezes finalista do Prêmio Mário Covas.

Em 2000, ele foi reeleito. Reinaldo foi escolhido presidente da Assomasul – Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul. Nesta empreitada, teve um grande desafio: filiar todos os municípios do Estado à entidade. Missão cumprida, hoje a Assomasul é o maior instrumento de defesa dos interesses das cidades sul-mato-grossenses.  A segunda administração em Maracaju consolidou seu nome dentre as mais importantes forças políticas de Mato Grosso do Sul. Reinaldo deixou a Prefeitura com mais de 93% de aprovação popular.

Em 2006, eleito deputado estadual como a maior votação da história de Mato Grosso do Sul. Entre 2007 e 2010, na Assembleia Legislativa, Reinaldo Azambuja propôs mais de 47 projetos que foram transformados em Lei. Atuou em oito comissões, dentre as quais a Comissão de Constituição, Justiça e Redação, a principal da Casa. Idealizou e liderou a Bancada do Agronegócio.

Ainda em 2007, Reinaldo assumiu a presidência do PSDB no Estado, cargo que ocupou até 2013, com ótimos resultados. No período em que conduziu o partido, o número de votos para prefeitos cresceu 92,4%; o número de votos para deputados estaduais teve aumento de 33,3% e para deputados federais, 57,4%.

Em 2010 foi eleito deputado federal. Eleito Deputado Federal com 122.213 votos, Reinaldo é titular de 12 comissões na Casa de Leis e suplente em outras cinco. A atuação de Reinaldo Azambuja foi amplamente reconhecida em seu primeiro mandato na Câmara.

Em 2012, se candidatou a prefeito de Campo Grande e teve 113.629 votos, o equivalente a 25,43% dos votos válidos. A expressiva votação fortaleceu ainda mais o PSDB e colocou no centro dos debates temas essenciais para o pleno desenvolvimento da Capital, como transparência em tempo real com a divulgação dos gastos e receitas públicas pela internet, ampliação das escolas em tempo integral, projetos inovadores de infraestrutura e mobilidade urbana.

Em 2014 foi eleito governador de Mato Grosso do Sul, assumindo o cargo no ano seguinte.  Em 2018, Reinaldo Azambuja foi reeleito governador pela população sul-mato-grossense .