PSDB – MS

Reinaldo recebe apoio de profissionais da área da segurança pública

Durante encontro com representantes das polícias Militar, Civil e do Corpo de Bombeiros, candidato a governador do PSDB reafirma compromisso de valorizar o servidor efetivo

23-09 Campo Grande/MSUma das prioridades da população de Mato Grosso do Sul, a segurança pública receberá mais investimentos e os profissionais da área serão valorizados. O compromisso foi feito pelo candidato a governador Reinaldo Azambuja (PSDB), na noite de terça-feira (23), durante encontro com representantes do segmento, que manifestaram apoio ao tucano.

Presidentes de entidades ligadas às forças de segurança entregaram a Azambuja uma série de propostas. Entre as principais reivindicações estão o aumento do efetivo policial, a implantação do plano de cargos e salários (carreira única) e maior repasse de recursos no orçamento para a área.

Pior salário

Reinaldo Azambuja lembrou que o Pensando MS, que ouviu mais de 220 mil pessoas, elencou a segurança pública como a segunda prioridade da população dos 79 municípios. O tucano assumiu o compromisso de investir mais na área, inclusive com a valorização do profissional. A polícia de Mato Grosso do Sul tem o pior salário entre os profissionais de segurança do Centro-Oeste.

“O quadro salarial atual é um dos grandes empecilhos para a melhoria da segurança pública no Estado. Ninguém fica na polícia com essa remuneração”, disse Azambuja. Ele defendeu uma política pública de Estado para a segurança pública, para acabar com apadrinhamentos políticos e valorizar a meritocracia. “Não podemos usar apenas os critérios políticos. Quem merece será valorizado”, completou.

23-09 Campo Grande/MSUma comissão de estudantes aprovados na primeira fase do concurso da PMMS, em 2013, pediu a Reinaldo, caso seja eleito, agilidade no processo de seleção. Cerca de 2.400 aprovados aguardam chamado para a realização das outras etapas.

Segundo Eduardo Silva, um dos membros da comissão, será preciso mais concursos para atender a demanda. “A entrada de novos concursados não vai resolver o problema, porque a demanda está reprimida. Acredito que Reinaldo vai ganhar e vai nos ajudar a resolver esses problemas”, disse Silva. Em 2010, o Estado tinha mais de 8 mil policiais na ativa e hoje conta com menos de 5 mil profissionais.

Seriedade para mudar

O presidente da Associação dos Praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, Rafael Ribeiro, também acredita que Reinaldo Azambuja pode fazer a diferença. “Precisamos de um governo que valorize a nossa categoria e que priorize a qualidade da segurança no Estado”, disse.

O presidente da Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Mato Grosso do Sul (Adepol-MS), Marcelo Vargas, também defendeu mudança na política de segurança pública no Estado. “Com seriedade e responsabilidade, podemos mudar esse quadro de abandono que estamos vivendo”, disse.

Também participaram do encontro representantes da Associação dos Peritos Criminais, Associação dos Sub-Sargentos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, Associação dos Oficiais Inativos da PM, entre outras instituições.

23-09 Campo Grande/MSParceiro do Ministério Público

Reinaldo Azambuja também se reuniu com membros do Ministério Público do Estado para discutir parcerias e ações para melhoria da saúde e da segurança pública.

Para o presidente da Associação Sul-Mato-Grossense do Ministério Público (ASMMP), Alexandre Magno de Lacerda, o encontro foi uma oportunidade de o candidato apresentar suas propostas para procuradores e promotores de Justiça do Estado.

“Azambuja sempre foi um parceiro do Ministério Público. Acredito que ele terá um respeito e uma admiração pelos servidores. É uma honra ter uma pessoa dessa qualidade disputando o governo de Mato Grosso do Sul”, disse Lacerda.

 

 

Fotos: Chico Ribeiro

Assessoria de Imprensa Reinaldo

(67) 3026-3187

Ver mais