Auditoria revela que sistema de eleições do Brasil é vulnerável

O vice-presidente jurídico do PSDB e líder do partido na Câmara, Carlos Sampaio, de São Paulo, o líder da Oposição, deputado Bruno Araújo, de Pernambuco, e o coordenador jurídico do PSDB, Flávio Henrique Costa Pereira, apresentaram nesta quarta-feira os resultados de auditoria especial realizada pelo PSDB sobre as urnas nas eleições presidenciais de 2014. A aferição concluiu que o sistema eletrônico de votação do Tribunal Superior Eleitoral não está projetado para permitir uma auditoria externa independente e efetiva dos resultados das eleições, e também não se encaixa em nenhum dos modelos reconhecidos internacionalmente.

Acompanhe - 05/11/2015

Temas relacionados:


X
05/11/2015